Mais um artigo de extrema importâcia pra mulherada!!!

"Vamos falar hoje sobre Melasma!

O que?!?! Mela Asma o que!?!?!?


Não não...MELASMAAA!"



Meninas, leiam... é um super artigo retirado (eu pedi autorização tá!) do blog Vaidosa e toda prosa e escrito pela Rosi do Mundinho Particular da Rosi .




O que é essa mancha aqui?

Você aderiu à depilação do buço há pouco tempo e notou uma manchinha feia no lugar? Pois é, isso pode ser melasma.
A depilação à cera pode gerar uma mancha no buço porque ocorre uma irritação dos melanócitos que passam a produzir mais melanina.

Esse é um dos motivos mais freqüentes de consulta ao dermatologista e o mais incômodo também. As mulheres em idade fértil são as maiores vítimas. As manchas são escurecidas e atingem principalmente as bochechas, testa, nariz e a pele acima do lábio superior. A pele dessas regiões acumula melanina, um pigmento acastanhado, levando ao escurecimento.

A causa exata do problema é desconhecida. Mas existem alguns fatores que pioram o quadro como t
endência genética, influência hormonal que começa ou piora com o uso de anticoncepcionais ou durante a gestação e a exposição aos raios ultravioleta que estimulam a produção de melanina, agravando a situação.

Antes de começar o tratamento, quem tem melasma precisa compreender que sua pele é extremamente sensível à luz. E que essa sensibilidade não muda, mesmo com o tratamento. Por isso, se você tem, proteja-se diariamente contra a luz solar e contra a luz visível. Faça chuva ou faça sol. A proteção deve continuar mesmo depois que o problema for tratado. Se você relaxar depois que a pele clarear, a mancha volta. Use no mínimo Filtro Solar de boa qualidade com FPS 30 e repasse a cada 03 horas ou até antes, se você suar ou se molhar. Na praia e na piscina o cuidado deve ser redobrado: além do filtro, use boné, e fique na sombra durante os horários de pico do sol. A resposta ao tratamento é pior em quem toma pílula anticoncepcional. Se o incômodo com as manchas for grande, pense em trocar o método contraceptivo.

Felizmente existem bons clareadores disponíveis que podem ser usados em cremes de uso domiciliar, mas sempre com a ajuda de um dermatologista. É o caso da hidroquinona, da tretinoína, ácido glicólico e outros mais. Normalmente o tratamento é completado com peelings químicos realizados em consultório.

O resultado costuma aparecer após um ou dois meses de tratamento. Em aproximadamente meio ano a melhora é grande. Depois disso, é recomendado um tratamento de manutenção, enfatizando sempre a proteção solar.


Quer saber mais? Clique
aqui ou (indicação minha) aqui.


_-~-_
-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_-~-_



E é amanhã meninas!!!!!! Tô super curiosa pra saber quem vai ganhar o kit.



Bjokas